sábado, 13 de março de 2010

ILUSÕES

“Mantenho os pés nos chãos, mas a cabeça nas nuvens. Quem vive somente com os pés no chão, só enxerga a superfície, e perde muito da vida. É preciso voar, para olhar do alto e enxergar a profundidade que existe no oceano de cada ser humano.” (Christiano Dortas)
Twitter: http://twitter.com/chrisdortas

A vontade de postar sobre o tema “Ilusões” surgiu quando, na semana passada, minha avó me disse algo que nunca esperava ouvir dela.
Disse, com pesar: “Meu filho, é tudo uma ilusão.”
E respondi: “É mesmo vó.”
E ela completou: “Quando a gente está doente é que a gente percebe.”

Isso me tocou e me fez pensar...
Ela percebeu e sentiu isso, profundamente, aos 83 anos. Idade em que se encontra hoje. E nem imagina que já percebi e carrego isso há bastante tempo comigo. Escrevi um texto sobre ilusões (o texto que está no fim deste post) por volta dos 23 anos, pois percebi e, o mais difícil, senti o peso dessa descoberta.

É tudo ilusão, é tudo sonho, até que se realize. E é preciso sonhar para realizar. O sonho fica sendo apenas sonho para quem não tem coragem e não acredita. Posso achar que tudo é sonho ou ilusão. E, na verdade, é tudo ilusão. O que é verdade pra mim, é ilusão para muitos.

Existem muitas coisas que realmente são meras "ilusões", mas as pessoas seguem como verdades, como realidade, pois vivem da forma que aprenderam e acham que não existem outras formas. Seguem as regras, os padrões, a moda, o casamento convencional, a religião etc. Porém, algumas poucas pessoas, diferentes, buscam o que realmente importa. No fundo, todo mundo quer segurança, ser amado e se sentir feliz. E não precisamos de muito para isso. O resto são coisas que colocaram na nossa mente, com propagandas e coisas do tipo. Inventamos necessidades a todo o momento e muitas delas são supérfluas. Como Gandhi expressou: “Querer criar um número ilimitado de necessidades para precisar em seguida satisfazê-las é correr atrás do vento. Esse falso ideal não é senão uma armadilha”. Satisfazer uma necessidade, depois outra, e assim sem parar, sem nunca encontrar a paz – “o espírito é uma ave sem repouso: quanto mais tem, mais quer, e no final continua insatisfeito” –, eis aí um cálculo de tolo, uma forma de escravidão. (O trecho em grifo foi retirado do livro “Gandhi”, escrito por Christine Jordis - pág. 205). Essas “necessidades” são as verdadeiras ilusões. Ilusões no sentido de que foram criadas, não nasceram com a gente e muitas vezes não preenchem o vazio que pensamos estar preenchendo. Muitas vezes damos preferência ao “ter” em vez do “ser”. Um ótimo filme que mostra exemplos disso é “Casa de areia e névoa”. No filme, os personagens valorizam e disputam por algo material, e no fim acabam por perceber, de forma trágica, o que realmente importa e tem valor em suas vidas. O filme é muito emocionante! Vale a pena ver!

Sentir, deixar fluir, buscar ser simples, estar com quem se ama, fazer o que se gosta, demonstrar sentimentos, é isso o que importa. E é tão simples, mas as pessoas complicam, se escondem, competem, brigam, se matam, e depois tudo acaba... TUDO ACABA! Acho que foi isso que minha avó percebeu. Do jeito dela, claro.

Quando nos empolgarmos com a evolução do ser humano (espiritual – uso esse termo por não encontrar outro mais adequado) da mesma forma que nos empolgamos com as evoluções tecnológicas, chegaremos mais perto de conquistar o que tanto buscamos: paz, segurança, confiança, justiça, enfim, um mundo melhor. Não quero dizer que as evoluções tecnológicas não sejam importantes, o que digo é que deve haver um equilíbrio entre evolução tecnológica e “espiritual”. Quando isso acontecer, certamente, transformaremos ilusões em sonhos, sonhos em verdades e caminharemos para uma realidade melhor. Acredite, a realidade é moldável, é mutável. Nós criamos a realidade com nossas atitudes. Estou tendo ilusões? Tire suas próprias conclusões.

Coragem, simplicidade, verdade, coisas que devemos buscar na vida, mesmo não sendo fáceis...

ILUSÕES


Vários sonhos desfeitos
Destruídos pelo mundo imperfeito
Muitos morreram na ilusão de mudar o mundo
Alguns morreram na ilusão de dominar o mundo
Muitos morreram na ilusão da vida não se acabar
Outros morreram na ilusão de ver a vida passar
Ilusões, só ilusões
Ilusões, estou tendo ilusões
Mas como não ter ilusões se até Deus tem?
Somos ilusões da mente de Deus
Seres imperfeitos como eu
Será que Deus também tem seus defeitos?
Mais uma de nossas ilusões: o Deus perfeito
Cada um com suas ilusões
Tentam e sempre tentaram padronizar o mundo
Tentam padronizar a nossa consciência
Mais uma ilusão
Muitos vivem na ilusão de obter muita riqueza
Outros vivem na ilusão de chegar ao ápice da beleza
Alguns vivem na ilusão de que este pesadelo se transforme em sonho
Muitos acharão que são puras ilusões as frases que componho
Sim, escrevo versos criados por minhas ilusões
Mas apenas as que conheço
Dentre tantas outras desta vida
Ilusões, só ilusões
Ilusões, estou tendo ilusões...

7 comentários:

  1. Gih (amiga, conhecida)15 de março de 2010 11:40

    Meu Paizinho sempre disse isso para mim também. Essa alegria que sentimos quando, por exemplo, estamos na noite ouvindo as músicas que gostamos, roupas de marca, isso tudo é passageiro e para nosso interior não fará diferença alguma. Eu tenho tido constantemente essa visão da vida passageira e que estou a caminho do tão desejado futuro (futuro breve) que será a morte. O certo, o inevitável, que não buscamos, não esperamos, não sabemos a hora. Mas a certeza é fato: Ela vai chegar e nada vamos levar.
    Hoje deveria ser um dia muito Feliz, porque há 4 anos atrás estava tendo meu filho. É estranho, mas às vezes nada parece ter valor ou fazer sentido. É tudo ILUSÃO!
    By Gih

    ResponderExcluir
  2. É, sua Vó realmente tem razão.

    É tudo ilusão porque não temos certeza de nada nessa vida, até mesmo a morte é uma ilusão. A quem diga, e eu me encaixo nesse grupo, que a morte é apenas da matéria, não do espírito. Sonho, ilusão, esperança....está tudo relacionado...quem sonha se ilude e tem esperança....esperança que o sonho se torne realidade e passe de apenas uma ilusão.
    Raphaella

    ResponderExcluir
  3. Oi Chris, quando comecei a ler vi a imagem perfeita da sua avó dizendo aquela frase!
    amei...
    "criamos ilusões sim,mas nem tudo se vivermos é mentira!"
    quanto ao filme, eu considero um dos melhores que já vi e olha que foram muitos, chorei demais e aprendendo tbm nas reflexões que faço após cada bom filme ou em cada frase bem falada que ouço!
    aprendi a poucos que quando paramos de sonhar é que realmente começamos a viver...
    um beijo enorme pra vc e toda sua família.
    saudades!
    Sílvia Almeida.

    ResponderExcluir
  4. "Por onde eu for, vou levando amor. E onde houver dor, que eu leve a paz que em mim brotou."
    Enquanto o sangue correr em minhas veias é o que farei. Mas o meu "santo" tá cansado! Abs e bjs

    ResponderExcluir
  5. Guy Debord também tem me dito que somos únicos e não precisamos seguir como zumbis as colunas de escravos que vão pra lá e pra cá ao sabor dos auto-falantes nas mãos dos interesses de alguns. Temos que nos conhecer e saber ad hoc o que nos faz felizes.

    ResponderExcluir
  6. Mesmo sendo tão jovem e tendo muito que viver já aprendi que tudo não passa de ilusão. As vezes conhecemos uma pessoa e começamos a ve-la do jeito que queremos e por isso nos entregamos e confiamos mas no final tudo foi só ILUSÃO.

    ResponderExcluir